28/02/2024 às 12h54min - Atualizada em 29/02/2024 às 00h04min

Nova audiência do caso Celso Guimarães

Audiência em 29 de fevereiro

Assessoria de Imprensa
Assessoria de Imprensa
Será realizada em 29 de fevereiro Audiência de Instrução na 5ª Vara de Trabalho de Barueri, a partir das 9h30, para produção de provas orais relacionadas à morte por acidente de trabalho do técnico de audiovisual Celso Guimarães Silva, 49 anos, que morreu em 28/06/2023, depois de uma queda de uma altura aproximada de três metros, quando sofreu uma descarga elétrica no momento em que fazia uma instalação, no estúdio PLX, do coach  Pablo Marçal, em Barueri, região metropolitana de São Paulo. Veio à óbito logo depois.
O laudo pericial do Instituto de Criminalística da Secretaria de Segurança Pública de Barueri apontou que, naquele espaço, não havia a instalação de qualquer sistema de proteção coletiva contra quedas e nem de sistema de proteção individual também contra quedas, necessárias para o desempenho da função do Celso, conforme recomenda a Norma Regulamentadora. Para finalizar, sinalizou que a causa do acidente foi a deficiência de rede elétrica nas instalações do prédio de propriedade do Pablo Marçal e concluiu que o acidente que vitimou Celso Guimarães poderia ter sido evitado.
“E mais um trabalhador que morre trabalhando, engrossando a estatística de sete mortes por dia, em acidente do trabalho, no Brasil”, afirmou o advogado Eduardo Lemos Barbosa.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp