27/02/2024 às 15h34min - Atualizada em 28/02/2024 às 00h10min

Verão causa maior incidência de doenças parasitárias

Veterinária de ecossistema pet explica um pouco mais sobre os cuidados e os riscos dessas doenças

Nathalia Bezerra
Marcelo Krasilcic
Verão é tempo de sol e calor. É também uma época que favorece passeios ao ar livre e os pets “fazem a festa”, já que podem farejar, brincar e interagir em novos ambientes. Porém, o período também exige cuidados diversos, já que há maior incidência de doenças parasitárias como erlichiose, babesiose e anaplasmose que podem afetá-los diretamente.

Para isso, a médica-veterinária da Petlove, Viviane Tamos, separou algumas orientações para os tutores de pets. Ela explica que as condições climáticas do verão geram temperaturas mais elevadas e, por isso, podem acelerar o ciclo de vida dos parasitas e a reprodução de insetos vetores.

Viviane explica que as doenças parasitárias são condições que afetam os animais de estimação devido à presença de parasitas como pulgas, carrapatos e vermes. Esses parasitas podem causar uma série de sintomas, incluindo coceira intensa na pele, perda de pelos, problemas gastrointestinais como vômitos e diarreia, fraqueza e febre.

“Os riscos de doenças do gênero incluem anemia, devido às pulgas e carrapatos; problemas gastrointestinais, problemas cardíacos (na dirofilariose), danos aos órgãos internos e até mesmo o óbito em casos graves”, alerta Viviane.

A profissional afirma que a prevenção é essencial, e para isso, recomenda medidas como vermifugação, controle de vetores e higiene adequada, e em caso de infestação, é necessário utilizar produtos apropriados, indicados por especialistas, até resolver completamente o problema. Além disso, Viviane ressalta a importância de manter as consultas e orientações de médicos-veterinários em dia.

“O tratamento para essas doenças envolve o uso de medicamentos antiparasitários específicos e, em casos mais graves, intervenções médicas”, completa.

Sobre o Grupo Petlove
Fundada em 1999, a Petlove iniciou suas atividades como um e-commerce, pioneiro no setor no país, e hoje se consolida como o primeiro ecossistema pet no Brasil. Atualmente, a companhia engloba outras frentes de negócios, como saúde, hospedagem e serviços, sempre focada em oferecer soluções completas para tutores e pets, seja no mundo virtual ou presencial. Com as frentes de planos de saúde e os serviços da DogHero, a companhia conecta a jornada do cliente, que pode resolver todas as questões relativas ao pet em um só lugar. A empresa também tem forte atuação no segmento B2B e busca a valorização dos profissionais do setor, com soluções voltadas a médicos veterinários e petshops, empreendedores e pet sitters, fortalecendo todo o ecossistema pet por meio das plataformas de conteúdos técnicos e auxílio ao médico veterinário e de gestão de negócios com as marcas Vet Smart e Vetus, respectivamente.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp