27/02/2024 às 16h31min - Atualizada em 28/02/2024 às 00h10min

Março Lilás: Samsung ajuda pacientes e profissionais da saúde com soluções para o diagnóstico de câncer do colo do útero

Março Lilás: Samsung ajuda pacientes e profissionais da saúde com soluções para o diagnóstico de câncer do colo do útero

Gustavo Henrique de Alencar
https://news.samsung.com/br/marco-lilas-samsung-ajuda-pacientes-e-profissionais-da-saude-com-solucoes-para-o-diagnostico-de-cancer-do-colo-do-utero
Samsung
A campanha Março Lilás tornou-se uma das mais importantes no combate ao câncer do colo do útero – o 3º tipo de câncer mais comum entre as mulheres, com incidência em cerca de 16 mil casos anualmente¹, segundo o Instituto Nacional de Câncer, e é uma importante ferramenta para a conscientização de todos sobre a importância dos exames preventivos. A Samsung HME, dedicada às tecnologias e soluções de saúde e bem-estar, é uma firme incentivadora dessa causa, fornecendo não apenas informação, mas inovações em seus equipamentos médicos que auxiliam os profissionais de saúde.

 

“Os aparelhos de ultrassom da Samsung são grandes aliados de médicos e dos pacientes no sentido de garantir uma maior precisão e, consequentemente, uma melhora na qualidade de vida das pessoas. O ultrassom transvaginal, por exemplo, é um dos principais mecanismos diagnósticos para a verificação da presença de doenças ginecológicas graves, um exame de imagem no qual é possível investigar a presença de alterações que podem sugerir a presença de câncer de colo de útero. Ou seja, os equipamentos específicos da marca auxiliam na prevenção, controle, rastreio e diagnóstico precoces dessa doença que, se descoberta em sua fase inicial, conta com chances de cura de até 90%².”, diz Walter Brandstetter, gerente clínico da divisão de HME da Samsung Brasil.

 

Soluções da Samsung focadas na saúde da mulher

HERA W10 Elite da Samsung. Imagem meramente ilustrativa.

 

A linha de aparelhos de ultrassom da Samsung conta com os mais avançados recursos para auxiliar os profissionais a serem cada vez mais assertivos nos diagnósticos, com destaque para os modelos HERA, e HS40, com foco em saúde da mulher e que ajudam os especialistas em obstetrícia e ginecologia a obterem diagnósticos mais confiáveis e precisos, além da família V (V6/V7/V8), que combina uma excelente qualidade de imagem às variadas ferramentas de assistência inteligente baseadas em Inteligência Artificial.

 

A Samsung também oferece a ferramenta de avaliação ginecológica IOTA-ADNEX³, que tem como objetivo a classificação de tumores ovarianos⁴ e, com isso, ajudam no diagnóstico correto por meio do protocolo do grupo IOTA⁵ (Grupo de Análise Internacional de Tumor Ovariano).

 

Já o recurso S-Detect é uma tecnologia avançada que faz uso de algoritmos de inteligência artificial para detecção de alterações na mama por meio de um banco de dados de características da lesão, o que torna o diagnóstico muito mais ágil e eficaz, servindo como uma segunda opinião para o profissional que executa o exame.

 

O SonoSync⁶ também se presta ao acompanhamento de exames por diferentes profissionais simultaneamente, mesmo que estejam em localidades diferentes, já que funciona como um sistema de streaming para transmissão de imagens médicas em alta definição e em tempo real desde a sala de exame para um dispositivo remoto, tal como computador, tablet ou smartphone com conexão à internet.

 

Saiba mais sobre as soluções e novidades da divisão de HME na Samsung Newsroom Brasil.

 

¹Fonte: https://www.inca.gov.br/controle-do-cancer-do-colo-do-utero/dados-e-numeros/incidencia.
²Fonte: https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-do-colo-do-utero#:~:text=O%20exame%20preventivo%20do%20c%C3%A2ncer,e%20a%20mortalidade%20pela%20doen%C3%A7a.
³A IOTA-ADNEX fornece uma função de preenchimento automático para 2 indicadores de ultrassom que ajudam no diagnóstico, sendo medidos em: i) Diâmetro Máximo da Lesão (mm), ii) Diâmetro Máximo da Maior Peça Sólida (mm).
⁴A Classificação consiste em cinco categorias de tumores ovarianos: i) Tumores benignos, ii) Tumores limítrofes, iii) Tumores invasivos de fase I, iv) Câncer invasivo de ovário de fase II-IV, e, v) Câncer metastático secundário.
⁵O protocolo consiste em dez critérios ultrassonográficos simples de serem interpretados: 5 benignos e 5 malignos. Para mais informações, acesse: https://www.iotagroup.org/research/iota-models-software/iota-simple-rules-and-srrisk-calculator-diagnose-ovarian-cancer.
⁶O SonoSync não pode ser usado para fins de diagnóstico em todos os momentos. Sua disponibilidade pode variar em diferentes países, de acordo com as aprovações regulatórias.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp