26/02/2024 às 14h25min - Atualizada em 26/02/2024 às 20h10min

Dependentes químicos recebem ajuda de cão terapêutico

Paçoca auxilia na redução da ansiedade e da agressividade, o controle da pressão arterial, a melhoria da memória, empatia e humor, além do estímulo à criação de laços afetivos

Sophia Olegario Neves Pacheco
Acervo SMS
São Paulo, fevereiro 2023 - No Serviço de Cuidados Prolongados (SCP) Álcool e Drogas (AD) Boracea, localizado no centro da capital e gerido pela Associação Filantrópica Nova Esperança (AFNE), unidade que integra da Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Centro, os usuários recebem um auxílio adicional: a presença de Paçoca, um golden retriever de três anos que se tornou parte essencial do tratamento oferecido.

Desde novembro de 2023, Paçoca frequenta o local duas vezes por semana, provocando sempre uma comoção positiva ao chegar. A interação com animais, segundo a psiquiatra Aglaé Sousa, coordenadora do SCP, traz diversos benefícios, incluindo a redução da ansiedade e da agressividade, o controle da pressão arterial, a melhoria da memória, empatia e humor, além do estímulo à criação de laços afetivos.

Os usuários também desenvolvem maior responsabilidade, confiança e autonomia ao cuidar de Paçoca, tarefas fundamentais para a reinserção na sociedade, de acordo com os objetivos do SCP. Embora as intervenções assistidas por animais sejam comuns em tratamentos pediátricos e geriátricos, essa prática ainda é uma novidade no Brasil no que diz respeito aos dependentes químicos.

Sobre o SCP
A unidade oferece tratamento multidisciplinar, que inclui atividades como meditação, arteterapia, palestras motivacionais, atividades físicas, oficinas de artesanato e capacitação profissional, mostrando um compromisso abrangente com a recuperação e reintegração dos pacientes na sociedade. Além disso, tanto a adesão ao programa como a permanência são voluntárias.

Sobre a Associação Filantrópica Nova Esperança (AFNE):
A AFNE (Associação Filantrópica Nova Esperança), fundada em 2003, é uma entidade filantrópica detentora de título de utilidade pública e CEBAS, dedicada ao desenvolvimento e gestão de serviços de saúde em São Paulo. Atuando no centro da capital, a associação é responsável pelo gerenciamento de 28 unidades e execução de 24 serviços de saúde essenciais, incluindo o Hospital Municipal Santa Dulce dos Pobres, firmado por contrato com a Prefeitura de São Paulo. Atualmente a associação conta com 3.300 colaboradores diretos.
Seu compromisso contínuo em oferecer cuidados de saúde de qualidade destaca-se como um pilar fundamental para o bem-estar da comunidade e, neste sentido, assumiu recentemente a gestão do Serviço de Cuidados Prolongados (SCP) Álcool e Drogas (AD) Boracea, iniciativa pioneira no Brasil, com acolhimento e tratamento para dependentes de álcool e drogas. O Centro de Referência de Atenção a Saúde das Pessoas Transexuais e Travestis, inteiramente dedicado às necessidades da população transexual, e o Centro de Cuidados Odontológicos (CCO), para facilitar e democratizar o acesso ao serviço público de saúde odontológica.
Mais informações estão disponíveis em www.afne.org.br.
Contato para imprensa:

Agência Fato Relevante - [email protected]
Sophia Olegário - [email protected] - 62 98106-9916
Juliana Souza - [email protected] - 11 96287-6723
Angelita Gonçalves - [email protected] - 11 99196-1129

 



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp