25/01/2024 às 17h24min - Atualizada em 26/01/2024 às 20h12min

Clube do Livro da Fundação do Livro e Leitura abre agenda de 2024 com Jane Austen

Verbo Nostro
Verbo Nostro
divulgação
Com debate sobre o romance “Persuasão”, de Jane Austen, começa no próximo sábado (27), a temporada 2024 do Clube do Livro da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, atividade que integra a programação anual da instituição. O encontro será on-line, às 16h, pelas plataformas Zoom (para quem quiser participar do debate) e canal da Fundação no YouTube (para quem só quer assistir). A mediação é da biblioteconomista Gabriela Pedrão, coordenadora do Clube. O acesso é aberto e gratuito.

Obra póstuma da escritora britânica, “Persuasão” foi o último livro completo escrito por Jane Austen, publicado em 1818. A história estabelece relação com “Northanger Abbey” - outro título da autora - e a narrativa traça a história de Anne Elliot, uma protagonista não tão jovem que carrega um amor de anos pelo inteligente e ambicioso Frederick Wentworth, mas é impedida pela família de casar-se com ele por ser um homem pobre. No desenrolar da história há o reencontro de Anne e Frederick e vários desdobramentos que costuram a escrita singular de Jane Austen.

A autora escreveu o romance durante a enfermidade que a levou à morte. Porém, mesmo lidando com uma doença fatal, Jane Austen produziu um texto bastante original, visto como marcador de um tempo de mudanças nas raízes sociais da Inglaterra. “O Clube do Livro não costuma repetir autores, mas “Persuasão” foi um pedido recorrente do grupo e, por isso, decidimos trazer Jane Austen novamente”, explica a coordenadora Gabriela Pedrão.

Para os próximos meses – de fevereiro a abril – a agenda do Clube do Livro já está definida com as obras “A morte de Ivan Ilitch” (24/02), do escritor russo Liev Tolstoi; “Hibisco Roxo” (23/03), da autora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie; e “Ensaio sobre a Cegueira” (20/04), do português José Saramago. Este último, também um pedido coletivo de retorno ao Clube, segundo Pedrão.

Com oito anos de atividade, o Clube do Livro da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto conquistou um público fiel, com participantes de diversos lugares do Brasil e até do exterior. “A principal presença nos encontros é de pessoas acima de 30 anos, com forte e ativa participação do público 50+, que é bastante comprometido com os encontros”, comemora a coordenadora.

Nos 12 encontros realizados em 2023, a atividade envolveu em torno de 140 pessoas, com alguns títulos alcançando maior público. Entre eles, “O quarto de Giovanni”, do norte-americano James Baldwin; “A Porta”, da húngara Magda Szabó; e “A ilha do dia anterior”, do italiano Umberto Eco. Mas o principal sucesso do ano foi “Tudo é Rio”, da escritora mineira Carla Madeira. “Essa obra foi o grande destaque da programação do Clube em 2023, discutida      em agosto, na Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto (FIL). Precisamos abrir uma sessão extra de debate, que teve a presença da autora, na Biblioteca Sinhá Junqueira. Sem dúvida, um marco”, pontua Gabriela Pedrão, festejando também o crescimento do público a partir de agosto em diante.

Para 2024, o desafio segue o mesmo: escolher e propor livros diversos em temática e na nacionalidade dos autores e que saiam do lugar comum. De acordo com Gabriela, o objetivo do Clube do Livro é proporcionar aos participantes um contato mais próximo com outras visões de mundo, outras culturas e outras escritas. “Nesses primeiros quatro encontros do ano, os títulos são mais clássicos, incluindo o “Hibisco Roxo” que, apesar de ser uma produção mais contemporânea, se tornou clássico em função do alcance mundial que conquistou”, finaliza.

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp