05/07/2024 às 11h33min - Atualizada em 06/07/2024 às 00h01min

Em alta na Fórmula E, português projeta abertura da temporada da Fórmula E em São Paulo

Antônio Félix da Costa está na briga pelo título da categoria após vencer duas corridas em Portland

FLáVIO PEREZ
https://onboardsports.pressroom.com.br/440092d15b/em-alta-na-formula-e-portugues-projeta-abertura-da-temporada-da-formula-e-em-sao-paulo.html
Formula E

O piloto António Félix da Costa (TAG Heuer Porsche) expressou grande entusiasmo ao comentar sobre a abertura da temporada da Fórmula E em São Paulo. Recentemente, o português viveu um dos melhores momentos de sua carreira no Campeonato Mundial da ABB FIA Fórmula E, vencendo as duas corridas do fim de semana no Portland International Raceway, nos Estados Unidos.

Com uma combinação de estratégia apurada e um pouco de sorte, Da Costa levou os troféus para Lisboa e se consolidou como um forte candidato ao título da décima temporada dos carros elétricos. A próxima rodada dupla, que será realizada em Londres, na Inglaterra, definirá o campeão da temporada. As corridas acontecerão no centro de exposições ExCeL London.

Mas antes de projetar a reta final, Da Costa comemorou a escolha de São Paulo como abertura da próxima temporada, que será a 11ª. O E-Prix será no Sambódromo do Anhembi, na zona norte paulistana, em 7 de dezembro.

"Eu acho ótimo essa nova abertura em São Paulo. Nós normalmente costumamos abrir a temporada no México, que é sempre uma corrida muito boa, com muitos fãs, muita torcida, mas eu acho que o Brasil vai ser igualmente bom''.

''Para mim, ainda melhor, porque é um circuito em que eu sempre me dei bem nos últimos dois anos. O Brasil é como se fosse a minha corrida de casa, por isso, poder começar a temporada lá, ainda este ano, em dezembro, vai ser mais especial," disse António Felix Da Costa.

O pódio da segunda corrida do Hankook Portland E-Prix 2024 contou novamente com o holandês Robin Frijns (Envision Racing) na segunda colocação, com direito à volta mais rápida, e Mitch Evans (Jaguar TCS Racing) em terceiro. A Julius Baer Pole Position foi do francês Jean-Éric Vergne (DS Penske).

Os pilotos brasileiros não conseguiram pontuar nos EUA. Sérgio Sette Câmara, da ERT Fórmula E Team, ficou em 14º lugar, Caio Collet, da Nissan, em 16º e Lucas di Grassi, da ABT Cupra, terminou em 17º após ser punido pela FIA.

Campeonato até aqui

Com os resultados obtidos recentemente, António Félix da Costa subiu para a quarta colocação no campeonato, com 134 pontos e três vitórias nas últimas quatro etapas da Fórmula E. Ele já começa a ameaçar os líderes, os neozelandeses Nick Cassidy e Mitch Evans, ambos da Jaguar TCS Racing, que têm 167 e 155 pontos, respectivamente. O alemão Pascal Wehrlein, também da TAG Heuer Porsche, ocupa a terceira posição com 155 pontos.

Da Costa refletiu sobre a temporada até agora: "É uma pena como começamos o ano, porque realmente podíamos estar, mesmo com o início ruim, muito perto da liderança, mas enfim, assim que estão as coisas e vamos chegar a 30 pontos atrás do líder. Já tivemos a 80, então vamos tentar o nosso melhor. Eu acho que vai ser complicado ser campeão, até porque tenho meu colega de equipe lá na frente, mais perto do líder. Eu acho que, enquanto equipe, o objetivo vai ser ajudar o Pascal a ser campeão," disse o português em coletiva de imprensa pós-corrida.

A disputa pelo título continua intensa, com sete pilotos ainda na briga. Cada E-Prix oferece até 29 pontos: 25 pela vitória, 3 pela Julius Baer Pole Position e 1 pela Volta Rápida. Mesmo o atual campeão, Jake Dennis, da Andretti Fórmula E Team, com 122 pontos, ainda tem chances de conquistar o bicampeonato se vencer as duas corridas restantes.

O campeonato de construtores também está em aberto, com a Jaguar TCS Racing liderando, mas com a TAG Heuer Porsche diminuindo a diferença, prometendo uma emocionante disputa final em Londres.

Classificação do Mundial de Pilotos

1º - Nick Cassidy (Jaguar TCS Racing) – 167 pontos
2º - Mitch Evans (Jaguar TCS Racing) - 155 pontos
3º - Pascal Wehrlein (TAG Heuer Porsche) - 155 pontos
4º - António Felix Da Costa (TAG Heuer Porsche) - 134 pontos
5º - Oliver Rowland (Nissan) - 131 pontos
19º - Sérgio Sette Câmara (ERT Fórmula E) - 11 pontos
24º - Lucas di Grassi (ABT Cupra) - 2 pontos

Sobre a Fórmula E e o Campeonato Mundial ABB FIA Formula E:

Como o primeiro Campeonato Mundial totalmente elétrico da FIA e o único esporte certificado como carbono zero desde a sua criação, o Campeonato Mundial ABB FIA Formula E traz corridas acirradas para o coração de algumas das cidades mais icônicas do mundo, proporcionando uma plataforma de elite do automobilismo para os principais fabricantes automotivos do mundo acelerarem a inovação de veículos elétricos.

A rede de equipes, fabricantes, parceiros, emissoras e cidades anfitriãs da Fórmula E é unida pela paixão pelo esporte e pela crença em seu potencial para acelerar o progresso humano sustentável e criar um futuro melhor para as pessoas e o planeta.


Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
FLAVIO PEREZ GUIMARAES
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp