03/07/2024 às 16h00min - Atualizada em 05/07/2024 às 04h08min

Estudantes de Minas Gerais podem participar de projetos educacionais de preparação para o Enem 2024

Estão abertas as inscrições para o “Projeto Enem” e “Projeto Redação”, criados pelo Coleguium Rede de Ensino para estudantes de todas as instituições educacionais que pretendam aprimorar conhecimentos para as provas do exame

MARIA AVELAR
Divulgação Freepik
Estudantes de todas as instituições de ensino de Belo Horizonte que vão participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste ano já podem se inscrever para dois projetos educacionais direcionados às provas que serão realizadas em novembro. O “Projeto Enem” e o “Projeto Redação” foram criados pelo Coleguium Rede de Ensino, reconhecido, por mais de uma década, como uma das 10 melhores escolas do Brasil no Enem. As inscrições podem ser feitas nas secretarias das unidades da rede em Belo Horizonte.

Com material exclusivo, aulas dinâmicas e professores qualificados, o “Projeto Enem” visa desenvolver a capacidade de interpretação dos alunos, com o aprofundamento dos conteúdos alinhados às competências do Enem e a habilidade em trabalhar com a interdisciplinaridade das grandes áreas do conhecimento. A programação, que terá início no dia 3 de agosto e inclui 60 aulas, é direcionada a estudantes do Ensino Médio (2ª e 3ª séries) e àqueles que já concluíram o Ensino Médio.

As aulas serão presenciais, realizadas aos sábados, até 26 de outubro, no bairro Carlos Prates. “Teremos nossos professores referências em cada disciplina lecionando os conteúdos mais cobrados no Enem, com turmas reduzidas, o que garante um olhar mais atencioso do professor em comparação a outros intensivos da cidade”, afirma a coordenadora geral do EFAF e Ensino Médio do Coleguium, Renata Ferreira. Ela explica que todas as componentes curriculares estarão presentes e serão abordadas as quatro áreas do conhecimento: Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Matemática.

Já o “Projeto Redação” busca desenvolver, de maneira aprofundada, as habilidades necessárias para uma escrita autônoma e proficiente para as provas do Enem. “O objetivo também é criar no educando o hábito da  escrita consciente, na certeza de que a prática de redação é o único caminho para uma nota mais alta”, argumenta Renata Ferreira.

Para isso, serão oferecidas 24 aulas, distribuídas em 12 encontros às segundas-feiras ou às quartas-feiras, entre agosto e outubro, com uma turma no bairro Ouro Preto e outra no Carlos Prates. Nesse período, será contemplada a teoria de todas as competências avaliadas na Redação do Enem e oferecida orientação temática para as produções de textos. Assim, o aluno terá a oportunidade de produzir 12 textos de temáticas variadas.

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
MARIA CELESTE CASTELO BRANCO AVELAR
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp