30/04/2024 às 12h15min - Atualizada em 30/04/2024 às 16h04min

Julian Marley, filho da lenda Bob Marley, se apresenta em Campinas, no dia 17 de maio

Show 'Julian Marley - One Love Um Tributo ao Rei' traz toda referência ao criador do reggae, ao Brasuca Multicultural

Silvânia Silva
brasucamulticultural.com.br
Divulgação

Julian Marley é filho da lenda do reggae Bob Marley e de Lucy Pounder. Tendo passado a juventude em um ambiente musical ele, que já foi indicado ao Prêmio Grammy, se apresenta no Brasuca Multicultural, em Campinas, no dia 17 de maio, com ingressos a partir de R$120 (+ taxas), no show Julian Marley - One Love Um Tributo ao Rei. 

No palco, toda a referência ao rei do reggae nas principais canções e o cantor e compositor surfa na onda do filme Bob Marley: One Love, cinebiografia de seu pai, lançada em fevereiro. 

Nascido em Londres, Inglaterra, em 4 de junho de 1975, o cantor, compositor, produtor e filantropo, adotou  rapidamente um estilo de vida musical e logo tornou-se um artista habilidoso e autodidata dominando  baixo, bateria, guitarra e teclados. 

Durante os anos de formação na Jamaica, Julian começou a estudar com veteranos lendários do reggae, como Aston “Family Man” Barrett, Carlton Barrett, Earl “Wire” Lindo, Tyrone Downie e Earl “Chinna” Smith, que inspiraram o então cantor inexperiente. Em 1996, Julian lançou seu primeiro álbum, intitulado Lion in the Morning, que o apresentou para o público. O álbum foi um esforço consciente e o apogeu de seu desenvolvimento musical até o momento e refletiu a crescente maturidade e sofisticação musical de Julian. Gravado nos estúdios Tuff Gong na Jamaica, Lion in the Morning é o testamento do  próprio Julian que reflete claramente suas origens e herança. O disco foi seguido por uma turnê  internacional bem-sucedida com a banda The Uprising, incluindo apresentações na Jamaica, Nova York,  Japão, Brasil e México. 

Mistura de reggae e jazz

Em 1998, Julian contribuiu com uma vasta gama de elementos musicais para o álbum vencedor do  Grammy da cantora Lauryn Hill, The Miseducation of Lauryn Hill, inclusive tocando guitarra no single  “Forgive Them, Father”. Em 2003, Julian reuniu-se com seus irmãos Stephen, Cedella, Damian e Kymani  para participar da versão do single, ‘Master Blaster, para o álbum em tributo a Stevie Wonder, intitulado Conception:

An Interpretation of Stevie Wonder Songs. Nesse mesmo ano, Julian gravou seu segundo  álbum, A Time and Place, no estúdio The Lion’s Den, em Miami. Uma fusão orgânica de reggae e jazz, A  Time and Place foi produzido por seu irmão Stephen Marley, e o álbum fortaleceu o próximo marco de Julian em sua trajetória artística. 

Em 2005, juntamente com a família Marley, Julian realizou a série de apresentações 'Africa Unite', começando na Etiópia e incluindo Gana em 2006 e Jamaica em 2008. A convite do governo jamaicano,  Julian Marley e The Uprising se apresentaram durante os Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim, China, comemorado ao lado do atleta ganhador da medalha de ouro para a Jamaica, Usain Bolt. 

Em 2009, a carreira de Julian Marley atingiu novos patamares com o sucesso de Awake, indicado ao Grammy, lançado pelo Ghetto Youths/Universal Music Group. Esse álbum inspirador foi coproduzido  com seus irmãos Stephen Marley e Damian “Jr. Gong” Marley e gravado no Lion’s Den em Miami e no  estúdio Tuff Gong na Jamaica. A turnê mundial ‘Awakede Julian com o The Uprising floresceu em 2009  e resultou numa grande corrida na América do Norte, Caribe e Europa que incluiu a turnê Raggamuffin, de 2010, pela Austrália e Nova Zelândia. Em maio de 2010, Awake ganhou o prêmio de ‘Melhor Álbum do Ano’ no International Reggae and World Music Awards (IRAWMA), em Nova York. A turnê de  Marley com a The Uprising continuou em 2010, e as datas dos shows permitiram que Marley circulasse pela Europa e agendasse apresentações consecutivas no Reino Unido, Grécia e América do Sul. 

Julian Marley tem uma posição mais alta no movimento de conscientização da música do que a maioria  dos artistas de reggae reconhecem hoje em dia. Seguindo a tradição de seu pai, Julian é um Rastafári devoto e sua música se inspira na vida e na espiritualidade. E, apesar de Julian ter uma reputação enorme ao transcender os gêneros musicais, podemos ter certeza de que todas as iniciativas futuras que este  visionário da música vier a abraçar continuarão sendo espirituais, morais e com a missão global. Julian  declara: “Não planejo o próximo passo, apenas continuo as Obras de Jeová e de alguma forma as coisas  parecem se encaixar naturalmente dessa forma”. 

Serviço: 
Julian Marley - One Love Um Tributo ao Rei
Quando: 17 de maio, sexta-feira
Ingressos: https://brasucamulticultural.com.br/julian-marley/

O Brasuca Multicultural fica na Avenida Santa Isabel, 800, Barão Geraldo, Campinas/SP. 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp