21/12/2023 às 22h24min - Atualizada em 21/12/2023 às 22h24min

Prefeitura realiza avaliação oftalmológica em 423 mil estudantes da Rede Municipal

Estudantes que tiverem indicação vão receber óculos de forma gratuita; Programa Avança Saúde Escolar Oftalmologia terá investimento de quase R$ 30 milhões
Com um investimento de cerca de R$ 30 milhões, a Prefeitura de São Paulo realizará avaliação oftalmológica em 423 mil estudantes do Ensino Fundamental de 562 unidades educacionais da Rede Municipal até 2025, por meio do Programa Avança Saúde Escolar Oftalmologia, com fornecimento de óculos a todos os alunos que necessitarem. O anúncio foi feito pelo prefeito Ricardo Nunes, que também assinou um decreto que consolida as normas sobre o Programa Saúde na Escola – PSE, que será desenvolvido conjuntamente pelas secretarias municipais da Saúde e de Educação, nesta sexta-feira (15).
“São 423 mil alunos que vão fazer o exame oftalmológico nesta primeira etapa com toda a tecnologia, todo equipamento necessário para poder identificar a necessidade de uma cirurgia, de uma correção ou dos óculos”, destacou o prefeito Ricardo Nunes. “O aluno passa por todo o processo com o oftalmologista e escolhe os seus óculos. Isso vai mudar a qualidade de vida dessas crianças”, completou Nunes.
A ação foi viabilizada por meio de uma parceria com o Instituto Suel Abujamra e a triagem oftalmológica é feita por uma equipe de três auxiliares, um auxiliar de enfermagem e um tecnólogo oftálmico. No dia do atendimento, os estudantes farão exames para avaliação de sua saúde ocular. Os que apresentarem estrabismo ou outras patologias oculares, serão encaminhados para a Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência para que seja realizado o atendimento especializado.
“Tenho estrabismo desde bem pequenininha e isso atrapalhava a minha autoestima pois o bullying era muito grande e isso comprometia a minha aprendizagem, além de não ter vontade vir para escola”, contou a presidente do Grêmio Estudantil da EMEF Marechal Deodoro da Fonseca, Alma Petra. “Esse projeto é muito importante para ajudar na aprendizagem e na autoestima da pessoa para ela não se sentir diferente dos outros só por ter um problema de visão”, completou.
Mãe de um dos alunos beneficiados com a iniciativa, Greice Mateus, conta que nunca tinha acompanhado uma ação como essa sendo feita de forma gratuita.  “Meu filho nunca tinha feito um exame completo como esse. Essa ação é maravilhosa e estou muito feliz em ver tudo isso acontecer”, disse.
Crianças e adolescentes que receberem prescrição de óculos serão avaliadas pelo técnico de óptica que os auxiliará na escolha da armação e fará as medidas necessárias para sua confecção. No momento da entrega, a armação será adaptada ao rosto da criança.
“Esse novo programa de triagem oftalmológica para alunos da rede municipal é fundamental e agora, sendo feito dentro das escolas, vai beneficiar e qualificar ainda mais o cuidado a fim de manter a saúde ocular das nossas crianças e adolescentes”, celebrou o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco.
O programa tem o intuito de promover a saúde visual evitando o diagnóstico oftalmológico tardio, reduzindo a evasão escolar e colaborando com a melhoria do aprendizado. 
Para o secretário de Educação, Fernando Padula, esta ação em parceria com a Saúde é de fundamental importância, pois garante que um problema na visão das crianças não seja um impeditivo para a aprendizagem plena. “Muitas vezes o aluno descobre tardiamente a necessidade de usar óculos, o que atrasa seu desenvolvimento escolar e o desestimula a participar das atividades e aprender. Com esta parceria podemos diminuir a possibilidade desse cenário”, explicou.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp