17/11/2023 às 00h22min - Atualizada em 17/11/2023 às 00h22min

Judocas do Centro Esportivo Mooca participam dos Jogos Parapan-Americanos do Chile

Competição será realizada de 17 a 26 de novembro, em Santiago

A equipe de judô do Centro Esportivo Mooca vai integrar a delegação brasileira que irá participar dos Jogos Parapan-Americanos de Santiago 2023. A competição será realizada de 17 a 26 de novembro, em Santiago, no Chile. O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) convocou 324 atletas de 17 modalidades para representar o país.
O Centro Esportivo Mooca, na zona leste, referência na prática do judô com a proposta de inclusão. Começou nos anos 1970 com o judô para pessoas com deficiência auditiva. No início da década de 1980 a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME), passou a incluir no CE o judô para pessoas com deficiência visual. Foi nessa época que o treinador Jaime Roberto Bragança começou seu trabalho, que hoje é marcado por conquistas nacionais e internacionais.
"Dos 15 atletas do judô convocados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para os Jogos Parapan-Americanos de Santiago, quatro treinam no Centro Esportivo Mooca, que também tem uma parceria com a seleção brasileira. São eles: Rebeca Sílvia, Lúcia Araújo, Elielton Oliveira e Harlley Arruda. É muito gratificante o resultado do nosso trabalho, acompanhar as conquistas dos nossos atletas que, além de um bom desempenho no Parapan, também estão em busca da pontuação necessária para os Jogos de Paris, em 2024", diz o professor Jaime Bragança.
O desejo de conquista é o que não falta para a judoca Lúcia Araújo, de 42 anos, atleta do Centro Esportivo Mooca que vai estar no Chile.  "Comecei no judô com 15 anos, sempre ouvi que era capaz. No paradesporto comecei com 27 anos, quando de fato comecei a ter mais contatos com pessoas com deficiência visual. Venho treinando muito forte para o Parapan do Chile, minha maior motivação é subir no pódio e ouvir o hino, conquistas medalhas para a minha filha".
O judô paralímpico é disputado por atletas com deficiência visual divididos em categorias de acordo com o peso corporal. As lutas têm cinco minutos de duração e são disputadas sob as mesmas regras utilizadas pela Federação Internacional de Judô, apenas com pequenas alterações, de acordo com Comitê Paralímpico Brasileiro. Nos Jogos Parapan-Americanos, em Lima 2019, os judocas do Brasil conquistaram 11 pódios, sendo quatro ouros, três pratas e quatro bronzes.
O Brasil, que na última edição do Parapan, em Lima, em 2019, teve um desempenho histórico com a conquista de 308 medalhas, estará presente em Santiago no atletismo, badminton, basquete em cadeira de rodas, bocha, ciclismo, futebol PC (Paralisados Cerebrais), futebol de cegos, goalball, judô, halterofilismo, natação, rúgbi em cadeira de rodas, taekwondo, tênis em cadeira de rodas, tênis de mesa, tiro com arco e tiro esportivo.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp