20/10/2023 às 00h18min - Atualizada em 20/10/2023 às 00h18min

​Trabalho remoto e flexibilidade

A tendência de trabalho remoto e flexibilidade no local de trabalho tem sido um tópico importante em Recursos Humanos nos últimos anos, e a pandemia de COVID-19 acelerou significativamente a adoção desse modelo. Aqui estão alguns pontos-chave relacionados a esse tópico:
Trabalho Remoto em Expansão: Muitas empresas implementaram o trabalho remoto durante a pandemia, e muitas delas decidiram manter essa opção, pelo menos parcialmente, devido ao sucesso e à demanda dos funcionários. Isso significa que mais funcionários agora têm a opção de trabalhar em casa ou de qualquer lugar com uma conexão à Internet.
Modelos Híbridos: Além do trabalho totalmente remoto, muitas empresas estão adotando modelos híbridos, nos quais os funcionários têm a flexibilidade de trabalhar em casa em alguns dias da semana e no escritório em outros. Essa abordagem visa combinar os benefícios do trabalho presencial e remoto.
Tecnologia de Apoio: O trabalho remoto é possível devido à tecnologia, e as empresas estão investindo em ferramentas de colaboração, comunicação e gerenciamento de projetos para apoiar seus funcionários remotos.
Gestão de Desempenho: A gestão de desempenho mudou para se adaptar ao trabalho remoto. Isso inclui a implementação de medidas baseadas em resultados e avaliações de desempenho mais orientadas para objetivos.
Políticas de Trabalho Remoto: As empresas estão estabelecendo políticas claras relacionadas ao trabalho remoto, abordando questões como horários de trabalho, comunicação, segurança de dados e ergonomia no ambiente de trabalho remoto.
Desafios e Soluções: O trabalho remoto traz desafios, como a manutenção da cultura da empresa, o isolamento social e a separação entre vida profissional e pessoal. As empresas estão procurando maneiras de abordar esses desafios por meio de atividades de construção de equipe virtuais, programas de bem-estar e flexibilidade de horário.
Impacto nas Instalações de Escritório: Algumas empresas estão repensando o tamanho e a função de seus espaços de escritório, considerando layouts mais flexíveis e ambientes que promovam a colaboração e a criatividade.
Legalidade e Conformidade: É importante para as empresas entenderem as leis trabalhistas locais e regulamentações relacionadas ao trabalho remoto, como questões de segurança no trabalho e compensação.
Equidade e Inclusão: As empresas estão buscando garantir que os funcionários que optam por trabalhar remotamente não se sintam excluídos ou em desvantagem em relação aos que trabalham no escritório.
Feedback Contínuo: A comunicação e o feedback contínuo são essenciais para a gestão eficaz dos funcionários remotos, incluindo a verificação da satisfação, o monitoramento do progresso e a resolução de problemas.
O trabalho remoto e a flexibilidade no local de trabalho vieram para ficar, e as empresas continuam a explorar maneiras de incorporar essas práticas em sua cultura e operações. 
A adaptação a essas mudanças e a criação de um equilíbrio entre o trabalho remoto e o trabalho presencial são desafios importantes para os profissionais de RH e líderes organizacionais.

Regina Mizael 
Consultora em RH e
medicina ocupacional
Instagram  @regina.mizael
[email protected]

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp