12/10/2023 às 01h15min - Atualizada em 12/10/2023 às 01h15min

Dia das Crianças: alimentação equilibrada e rica em nutrientes contribui para o crescimento saudável

A desnutrição infantil é um problema de saúde caracterizado pela falta de nutrientes essenciais no organismo e que aumenta a cada ano. Desde 2017, o Brasil passou a contabilizar mais de 2,5 milhões de internações por ano, segundo a Fiocruz.
Levando em consideração que a primeira infância é o período mais crítico e vulnerável do crescimento humano, a falta de nutrientes nesse período pode acarretar diversos problemas como a perda de peso, baixos níveis de energia, além de oscilações no humor e no comportamento das crianças.
“Manter uma alimentação equilibrada, investindo em cardápios com variações de legumes e verduras, ricos em frutas e fibras, além da suplementação com vitaminas e minerais são medidas importantes e que auxiliam no reforço da imunidade do público infantil”, explica Mayara Stankevicius, nutricionista da Vitamine-se, marca brasileira que combina inteligência de dados e suplementos de alta qualidade para oferecer nutrição personalizada para cada pessoa.
O sistema imunológico das crianças possui a mesma estrutura do adulto e é fortalecido com o auxílio de vitaminas e minerais, principalmente durante a infância. Para a especialista, é preciso investir em medidas de fortificação do sistema imunológico, com o objetivo de proteger o corpo humano de infecções e outras enfermidades.
A primeira e principal fonte desses nutrientes sempre deve vir da alimentação, porém, sabemos da dificuldade de inserir os alimentos na rotina das crianças. “Em caso de resistência à introdução de uma alimentação balanceada, podemos considerar o uso de suplementos como alternativa para complementar a nutrição dos pequenos, auxiliando nos benefícios de respostas imunológicas”, acrescenta Mayara.
Confira abaixo, alguns nutrientes que podem auxiliar no cuidado com a imunidade das crianças:
Vitamina D: auxilia no controle da resposta inflamatória, reduzindo infecções inflamatórias e gripes;
Vitamina C: estimula a produção e as atividades das células do sistema imune e de anticorpos, diminuindo o risco e a gravidade de resfriado em crianças;
Vitamina E: incentiva a produção e modula o papel das células T, com funções imunológicas de respostas antivirais, protegendo o sistema de doenças infecciosas como gripes e resfriados e doenças alérgicas, como a asma;
Zinco: auxilia a manter a integridade das barreiras imunológicas, essencial para o desenvolvimento e ativação das células T. Reduz a morbidade e mortalidade por doenças infecciosas entre bebês e crianças em países em desenvolvimento e ajuda a diminuir o risco e a gravidade de resfriado em crianças.
Segundo Mayara Stankevicius, existem ainda outras formas de suplementação para as crianças, como a ingestão de produtos em gomas, ou seja, vitaminas que ajudam a estimular o sistema imunológico, fortalecer os ossos e promover mais energia para os pequenos.
A Vitamine-se oferece o “Gummy Imunidade Kids”, que contém nutrientes importantes para a saúde e o fortalecimento da imunidade em dosagens adequadas às crianças. O produto é disponibilizado em formato de ursinhos e no sabor morango, sem adição de açúcares, tornando a suplementação mais fácil e prazerosa para esse público. Saiba mais sobre o “Gummy Imunidade Kids”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp