26/03/2024 às 10h21min - Atualizada em 27/03/2024 às 00h03min

Protetor solar: entenda a importância do cuidado com a pele em todas as estações do ano

Dermatologista, Dra. Leticia Rautha, relata a importância da utilização do protetor solar como medida fundamental na prevenção do câncer de pele, contra queimaduras e o envelhecimento precoce da pele

Redação
Divulgação

A utilização do protetor solar é uma das principais recomendações dos dermatologistas quando falamos dos cuidados com a pele. A necessidade de aplicação do filtro solar durante o verão já não é mais novidade, mas vale lembrar que não é só na temporada mais quente que os raios solares atuam, já que impactam e causam danos todos os dias, independente do frio ou calor.

É importante entender que o sol emite tanto os raios UV (UVA, UVB e UVC), quanto o infravermelho e o espectro de luz visível aos olhos humanos. O raio UVB pode causar bronzeamento, queimadura de sol e, em casos graves, até bolhas, além do câncer de pele não melanoma, principalmente no horário entre 10h e 16h, quando a radiação UVB é mais intensa.

Com a chegada do outono, o clima mais frio também agride a pele, seja pelo vento ou diminuição da umidade do ar. A utilização de água mais quente durante o banho é outro motivo que causa o ressecamento. Há uma suposição comum de que, nas temperaturas mais amenas, a pele não está exposta aos raios ultravioletas (UV), mas é um mito. Por isso, é fundamental utilizar o protetor solar em todas as estações do ano.

De acordo com a dermatologista, Dra. Leticia Rautha, a proteção solar UVB, presente nos rótulos dos filtros solares, está ligada ao Fator de Proteção Solar (FPS). “O uso do protetor solar é fundamental na prevenção do câncer de pele, na proteção contra queimaduras e o envelhecimento precoce da pele, o que pode gerar alteração de função e estrutura desse órgão”, destaca.

Ainda segundo a especialista, devemos dar preferência ao FPS de 30-50, que oferece maior proteção contra o câncer de pele. Já a proteção UVA nesses produtos é ligada à nomenclatura PPD (Persistent Pigment Darkening). O FPUVA (PPD) deve corresponder a um terço da proteção UVB, mas quanto maior este valor, maior a proteção. Adicionalmente, o protetor solar deve ser aplicado logo pela manhã, de preferência após o uso de um hidratante facial.

A indicação é passar o protetor solar a cada duas horas, conforme determina a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). “Contudo, em casos de clima úmido e dias muito quentes, a reaplicação poderá ser feita em um intervalo ainda mais curto. Sobre a quantidade, deve-se seguir a regra da “colher de chá” ou seja, uma colher de chá para o rosto ou duas colheres de chá para a aplicação no rosto, cabeça e pescoço”, afirma a dermatologista.

O cuidado com a aplicação também deve ser redobrado em casos de imersão em água. Existem protetores solares com óleos hidrofóbicos, como óleos vegetais e ceras, que são capazes de resistir um pouco mais ao contato com a água. A orientação é sempre administrar o produto novamente ao sair do mar ou da piscina.

Neste sentido, os filtros solares minerais são o grande destaque. Além de não causarem impactos ambientais como o branqueamento de corais, mantendo a integridade da fauna aquática, minimizam possíveis dermatites de contato e alergias causadas por alguns filtros químicos.

O protetor solar físico funciona refletindo a radiação solar, sem a absorção na pele e sua formulação contém minerais, como o óxido de zinco, óxido de ferro e o dióxido de titânio. Os protetores físicos possuem ainda a mesma eficácia dos protetores químicos.

Preocupada em entregar uma solução que ofereça ainda mais segurança contra os raios UV, a QUINTAL Dermocosméticos desenvolveu o 1º Protetor Solar Mineral FPS 50+ com certificado COSMOS NATURAL pela Ecocert. O produto conta com proteção alta contra os raios UVA/UVB, protege da luz visível, não esfarela, não escorre, é resistente à água e ao suor, promove sensação de pele limpa e tem toque seco.

A solução possui tecnologia patenteada pelo QUINTAL.LAB® e combina filtros minerais atóxicos e biocompatíveis. Deste modo, é possível manter o sensorial e evitar a formação de filme branco na pele. Além da proteção solar mineral, sem filtros químicos, a formulação conta com o Extrato de Selaginella lepidophylla, conhecida como “planta da ressurreição”, um poderoso ingrediente que ajuda a pele a manter a hidratação. Possui 99,9% dos ingredientes de origem natural e é hipoalergênico, dermatologicamente e oftalmologicamente testado. Para saber mais, acesse: https://quintaldermocosmeticos.com.br/ 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp