21/07/2023 às 00h44min - Atualizada em 21/07/2023 às 00h44min

R$ 850 milhões em esportes e centro esportivo para ter padrão olímpico

Desde 2021, a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, investe R$ 850 milhões em iniciativas que vão desde a criação de programas de incentivo à atividade física até obras que estão transformando estruturas da rede olímpica. Um desses equipamentos, o Centro Esportivo Thomaz Mazzoni, na Vila Maria, Zona Norte, por exemplo, está recebendo R$ 39 milhões em obras de requalificação que vão transformá-lo no segundo Centro Olímpico para formação de atletas de alto rendimento. Atualmente, a cidade conta com o entro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), no Ibirapuera, Zona Sul.
“Estamos fazendo o maior investimento da história da cidade na área de esporte. Hoje nós temos um Centro Olímpico, na região do Ibirapuera, e estamos fazendo mais três, que é o Tomaz Mazzoni, além do José Bonifácio e Cidade Tiradentes, portanto teremos esses quatro com toda infraestrutura e atendendo todos os públicos, crianças, jovens, adultos e idosos, com a requalificação de todo o espaço”, destacou o prefeito Ricardo Nunes durante a visita às obras.
A reforma do Centro Esportivo Thomaz Mazzoni faz parte do Programa de Metas 2021-2024, que prevê implantar Polos Regionais Olímpicos e/ou de Esporte de Base nos equipamentos esportivos mantidos pela Prefeitura. O objetivo é descentralizar as atividades similares ao COTP, e implantar polos conectados a outras regiões e fomentar o alto rendimento e políticas públicas de esportes para a cidade.
“A nossa expectativa é que com o fim das obras mais de 800 atletas possam treinar neste espaço, que contará com 17 modalidades olímpicas”, destacou o secretário municipal de Esportes e Lazer, Cacá Vianna.
Em estágio avançado de obras, estão sendo feitas intervenções na academia, ginásio poliesportivo, pista oficial de atletismo, piscina e bocha. Além disso, o Centro Esportivo vai contar com equipamentos que atendam diversos esportes olímpicos, como judô, wrestling, taekwondo, karatê, boxe, vôlei de praia, basquete, vôlei de quadra, futebol, natação, nado artístico, polo aquático, skate, street park, escalada, atletismo, badminton, basquete 3x3, handebol e tênis.
Atualmente, o Centro Esportivo tem mais de 11 mil munícipes inscritos, mas o local será aberto para todos os munícipes da cidade. Somente no distrito Vila Maria, vivem cerca de 91 mil habitantes.
“Entre 2021 e 2022 foram mais de R$ 840 milhões em investimentos para aprimoramento e requalificação dos espaços de esportes na cidade. Entendemos que o esporte tira os jovens do caminho das drogas ou de um mundo que não desejamos a eles. Por isso fico muito feliz com essa ação, inclusive com o Bolsa Atleta Rei Pelé e com todas as demais ações”, destacou o prefeito.
Desde o início desta gestão, mais de 100 equipamentos receberam intervenções, entre eles o Ceret (Centro Esportivo, Recreativo e Educativo do Trabalhador), no Tatuapé / Anália Franco, que está sendo reformado para ganhar campo de rugby, pista de atletismo oficial e campo de futebol. O investimento é de R$ 25 milhões. 
Principais obras:
• CERET (campo de rugby, pista de atletismo oficial e campo de futebol)
• Dezenas de piscinas sendo reformadas
• Quadras de areias nos Centros Esportivos
• campos | gramados sintéticos em CDCs
• Iluminações
• Pista de Half Pipe no CE Tietê (a primeira pública da cidade)
Principais programas e últimas ações:
• Retorno do Clube Escola
• Aprovação da Lei Bolsa Atleta Rei Pelé
Novos programas:
• Mexa-Se SP
• Agita Mais Férias
• SP Mais Ativa
• Esportes na Rua
• Jogos LGBTQIAP+
Programas continuados:
• Clube Escola
• Virando o Jogo Sampa
• PEMA
• Vem Dançar
• Ruas de Lazer
• JOMI
• Virada Esportiva
Campeonatos:
• Jogos da Cidade
• Taça Cidade de São Paulo

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp