22/03/2024 às 15h07min - Atualizada em 23/03/2024 às 00h20min

ASID Brasil lança edital para organizações que atuam com pessoa com deficiência

Em parceria com a Citrosuco, projeto irá selecionar quatro organizações que têm interesse em aplicar a metodologia ASAS

Jéssica Amaral - DePropósito Comunicação
www.depropositocomunica.com
Divulgação

Estão abertas até o dia 27 de março, as inscrições para o projeto ASAS 2024, realizado pela ASID Brasil, em parceria com a Citrosuco, uma das maiores empresas de suco de laranja do mundo. Serão selecionadas quatro Organizações da Sociedade Civil (OSCs), que têm interesse em serem capacitadas para desenvolverem a metodologia ASAS, desenvolvido exclusivamente pela ASID, promovendo mais apoio e autonomia para as pessoas com deficiência. Podem se inscrever OSCs que já atuam na causa, nas cidades de São José do Rio Preto, Bauru, Botucatu e Matão, em São Paulo, e Uberlândia, em Minas Gerais. 

Até 2025, a ASID Brasil tem como objetivo impactar mais de 25 mil vidas e buscar parceiros que queiram atuar com pessoas com deficiência. Por isso, está procurando organizações sociais que já apoiam a causa e o projeto ASAS irá desenvolver um plano de vida centrado no perfil, potencialidades e habilidades dos atendidos pelas organizações.

“Estar atuando em territórios como esses, nos quais a ASID ainda não havia se inserido. Está sendo uma experiência desde já muito promissora, pois vai ao encontro do nosso grande objetivo que é quebrar as barreiras socioeconômicas que impedem pessoas com deficiência de quaisquer regiões e em qualquer contexto de pertencerem à sociedade. Especificamente pensando no projeto ASAS, que busca tratar do processo de envelhecer com mais autonomia, tanto para o beneficiário com deficiência, quanto para a organização ao qual ela/ele é atendido e, também, para sua família, certamente gerará resultados que poderão impactar ainda mais vidas!”, afirma Edilayne Ribeiro, líder do projeto na ASID Brasil.

O que é a metodologia ASAS

Há muitos casos de pessoas com deficiência, que mesmo quando adultas ou idosas, ainda dependem de familiares ou tutor responsável para manter a sua rotina e suas responsabilidades. Esta dependência gera falta de autonomia em sua própria vida, consequentemente, causando muitas inseguranças na vida da pessoa responsável, como:  “quem cuidará do meu filho com deficiência depois de eu partir?”. 

Com base nessas informações, a ASID Brasil estruturou de forma exclusiva a metodologia ASAS, que no Brasil foi adaptada pela organização em 2020, a partir da metodologia PLAN (original do Canadá) e é utilizada há mais de 40 anos em países desenvolvidos.

“Esperamos que, ao aplicar a metodologia, a organização social amplie suas próprias metodologias e alcance os familiares atendidos de forma a apoiá-los na construção de um plano familiar e financeiro e que melhore a vida adulta e o envelhecer, pensando no futuro da pessoa com deficiência e na criação, desde muito cedo, de uma rede de apoio”, explica Edilayne.

Benefícios para as OSCs

As organizações sociais selecionadas para desenvolver e aplicar a metodologia do ASAS terão um cronograma intenso de atividades entre abril e dezembro de 2024. Entre as tarefas, estão o treinamento e participação em encontros de repasse da metodologia ASAS, bem como acesso ao “Guia do Facilitador” - um material completo contendo um roteiro da metodologia e um detalhamento sobre todos os eixos. Também será realizado um treinamento de modelo de negócios, captação de recursos, orientação e treinamento para desenvolver um modelo de negócios sustentável e eficiente. 

Além disso, as organizações participantes terão direito a utilizar por três anos a licença da metodologia ASAS, replicando em suas atividades e captando recursos para esse fim. “As OSCs também receberão um subsídio financeiro para auxiliar na implementação do projeto e no atendimento de quem for beneficiado, além de uma consultoria exclusiva durante todo o treinamento”, complementa Edilayne.

Após a seleção, entre abril e maio as organizações escolhidas vão participar de sete encontros on-line (03 horas de duração cada), para o repasse da metodologia do ASAS. Entre julho e novembro, serão realizados encontros de tira-dúvidas e outros apoios à aplicação do programa organizados em 24 encontros on-line (com 01 hora de duração cada). E no mês de dezembro, será realizado a mensuração do desenvolvimento do projeto nos beneficiários atendidos em cada organização e produção de relatórios com o registro dessas informações. 

Como participar

Para participar do projeto ASAS, podem se candidatar apenas organizações sem fins lucrativos, com pessoas jurídicas constituídas sob as leis brasileiras através de Estatuto Social ou Contrato Social com atividades de no, mínimo, dois anos, sendo necessário que a organização apresente documentos comprobatórios, tais como: experiência comprovada na área de pessoas com deficiência; apresentar práticas transparentes de gestão financeira e prestação de contas; comunicar claramente suas atividades, resultados e desafios enfrentados; ter uma equipe qualificada e disponível para conduzir e implementar a metodologia; ter habilidades de envolvimento e mobilização da comunidade-alvo; e demonstrar interesse e disposição para aprender e aplicar metodologias como o ASAS.

As inscrições vão até o dia 27 de março, às 17h59, pelo link bit.ly/inscricao-asas-2024-asid-citrosuco. A participação é gratuita e o edital completo pode ser acessado aqui (bit.ly/edital-asas-2024-asid-citrosuco). Participe! 

 

Sobre a ASID Brasil

A ASID Brasil é uma plataforma de soluções para inclusão socioeconômica da pessoa com deficiência. Idealiza, executa e dissemina soluções de desenvolvimento social em todo território nacional. Suas soluções criam oportunidades para pessoas com deficiência e seu núcleo familiar, além de incentivar novas tecnologias sociais. Atua desde 2010 com 120.000 pessoas impactadas e mais de 8 mil voluntários, a ASID Brasil conta com reconhecimentos nacionais e internacionais como Melhores ONGs Época, United People Global, e o Prêmio Viva Idea como melhor solução de impacto coletivo da América Latina. Mais informações: https://www.asidbrasil.org.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp