22/03/2024 às 11h25min - Atualizada em 23/03/2024 às 00h09min

Rotina de suplementação alimentar: o que considerar ao iniciar?

A suplementação é importante para complementar deficiências nutricionais, especialmente em dietas restritas ou para pessoas com necessidades específicas

a
(Créditos: istock, MTStock Studio)

Na contemporaneidade, na busca por uma vida repleta de equilíbrio, tornou-se comum por parte das pessoas recorrer à suplementação alimentar como uma forma de recompor determinadas vitaminas e manter-se saudável. 

 

Todavia, é importante entender que ao iniciar-se qualquer tipo de suplementação, é preciso ter certos cuidados com a finalidade de garantir que os benefícios desejados sejam realmente alcançados sem comprometer a saúde, ocasionando, portanto, o inverso daquilo que se pretendia. 

 

Nesse sentido, inicialmente, o primeiro ponto a ser observado é, antes de comprar um suplemento, consultar um profissional de saúde qualificado, ou seja, não se deve iniciar  qualquer tipo de regime de suplementação alimentar sem a orientação precisa de um especialista. 

 

De fato, um nutricionista ou um médico especializado pode avaliar as necessidades individuais de cada pessoa, bem como o histórico médico e os objetivos de saúde para fazer as recomendações adequadas acerca dos suplementos. Essa consulta é importantíssima, especialmente para evitar a escolha de suplementos errados que podem acabar gerando riscos à saúde. 

 

Por conseguinte, ao optar por um determinado suplemento, o ideal é escolher as marcas mais confiáveis do mercado. Acontece que, nem todos os suplementos são criados com os mesmos processos, e a procedência, bem como a pureza dos ingredientes, podem variar significativamente entre os distintos fabricantes. 

 

Por essa razão, escolher produtos de alta qualidade ajuda a garantir a eficácia do suplemento e reduz o risco de efeitos colaterais indesejados, como o ganho de sobrepeso, por exemplo. Em razão disso, é elementar, também, considerar a dose adequada. Ao tratar-se de suplementos alimentares, "mais" nem sempre é a melhor resposta. 

 

Por isso, o ideal é sempre seguir as instruções de dosagem recomendadas pelo fabricante ou pelo seu profissional de saúde. O excesso de certos nutrientes pode ser prejudicial e até mesmo tóxico para o organismo. 

 

Além disso, é fundamental manter expectativas realistas quanto aos resultados da suplementação. Embora os suplementos alimentares possam ser úteis para complementar uma alimentação saudável, não representam uma solução milagrosa. Seu desempenho, portanto, é otimizado quando integrados a uma dieta equilibrada e a um estilo de vida ativo.

 

Os suplementos não substituem, em hipótese alguma, uma alimentação rica em nutrientes, exercícios físicos regulares, sono adequado e gerenciamento do estresse. Devem ser consumidos, portanto, como parte desse conjunto de práticas e fazeres no cotidiano. 

 

Atualmente, os principais suplementos que circulam no mercado sendo consumidos são a proteína whey, creatina, omega-3, multivitamínicos e, cada vez mais, a beta alanina. A beta alanina é valorizada por sua capacidade de melhorar o desempenho físico e a resistência muscular. Em razão disso, sua popularidade cresceu devido aos benefícios percebidos por atletas do fisiculturismo que a utilizam como parte de suas rotinas de treinamento.

 

No fim, ao adotar uma rotina de suplementação, é importante abordar o processo com cuidado, conhecimento e consciência. Consultar um profissional, escolher produtos de qualidade e seguir as dosagens recomendadas, possibilitará aproveitar ao máximo os benefícios da suplementação alimentar.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp