21/03/2024 às 15h19min - Atualizada em 22/03/2024 às 00h09min

Do lixo ao guarda-roupa: primeiro náilon 100% produzido a partir de resíduos têxteis

Marca Zara lança jaqueta inteiramente confeccionada com loopamid®, fibras e materiais sintéticos de qualidade virgem feita a partir de reciclagem de tecidos descartados de poliamida6

BASF
https://shop.basf.com/br/
BASF
A primeira solução circular para vestuário de náilon feito inteiramente de resíduos têxteis acaba de ser lançada pela BASF e a Inditex. Juntas, as empresas anunciam o avanço em seus esforços para impulsionar a reciclagem na indústria têxtil. Com o lançamento do loopamid®, uma poliamida 6 (PA6, também conhecida como nylon 6) feita 100% a partir de de resíduos têxteis. A Zara transformou o material em uma jaqueta feita com 100% de loopamid, já disponível em todo o mundo.
Seguindo uma abordagem de "design para reciclagem", todas as partes da peça, incluindo tecidos, botões, enchimento, gancho e laço e zíper, são feitas de loopamid. Com ele, a BASF desenvolveu uma solução inovadora para melhorar a circularidade no setor da moda e reciclar os resíduos têxteis de poliamida 6. Devido à sua capacidade de tolerar todas as misturas de tecidos, como PA6 e elastano, a tecnologia de ponta por trás do loopamid permite a reciclagem de materiais têxteis para um novo produto têxtil feito a partir de resíduos têxteis pós-industriais e pós-consumo. As características do material são idênticas às da poliamida virgem convencional e as fibras e os materiais podem ser reciclados em vários ciclos.
"A BASF atingiu um marco importante em direção à circularidade na indústria da moda e foi pioneira em uma abordagem para fechar o ciclo dos têxteis de nylon", afirma o Dr. Ramkumar Dhruva, Presidente da divisão de Monômeros da BASF. "Nosso loopamid tem o potencial de revolucionar o mercado de PA6 para melhor. Estamos no processo de ampliação de nossa tecnologia para atender nossos clientes com quantidades comerciais. A jaqueta desenvolvida em conjunto com a Inditex é a prova de que a circularidade é possível, e estamos ansiosos para impulsionar ainda mais a transformação sustentável da indústria têxtil".
Para garantir a produção de acordo com a proposta de economia circular, a Inditex se uniu em parceria com outros grupos líderes no setor de fabricação de roupas para integrar perfeitamente o loopamid em vários componentes de vestuário, incluindo tecidos, zíperes, botões, enchimentos, fechos de gancho e argola e linhas de costura. A ModaRe, programa de coleta operado pela organização beneficente Caritas, classificou, separou e forneceu tecidos descartados como matéria-prima. A empresa italiana RadiciGroup está trabalhando no processo de transformação do polímero loopamid em vários tipos de fios com diferentes características. A multinacional japonesa de produtos de fixação YKK e a multinacional Velcro Companies também desempenharam papéis cruciais na utilização do polímero de loopamid para criar componentes plásticos para zíperes e botões de pressão, além de fechos de gancho e argola. A Uniter, da Espanha, a Tessitura Vignetta, da Itália, e a Freudenberg e a Gütermann, da Alemanha, também participaram desse projeto para desenvolver outros componentes de vestuário, como etiquetas internas, tecidos, materiais de enchimento e linhas de costura usando o loopamid.
Javier Losada, diretor de sustentabilidade da Inditex, acrescenta: "A promoção da inovação é fundamental para avançarmos em direção a um setor mais responsável. Essa colaboração é um ótimo exemplo de como, ao colaborarmos todos juntos, podemos usar a nova tecnologia para transformar resíduos têxteis em um novo recurso. Esse projeto também é um primeiro passo para avançar em direção a uma solução circular, já que o setor ainda precisa impulsionar novas capacidades de coleta e reciclagem para fechar o ciclo e dimensionar a reciclagem de resíduos pós-consumo." A colaboração da BASF e da Inditex é baseada em uma jornada conjunta – as empresas estão seguindo metas ambiciosas de sustentabilidade.
Até o ano de 2030, a BASF pretende dobrar suas vendas geradas com soluções para a economia circular para 17 bilhões de euros. Para atingir esse objetivo, a empresa está se concentrando em três áreas de ação: matérias-primas circulares, novos ciclos de materiais e novos modelos de negócios.
A Inditex tem como objetivo que 100% de seus produtos têxteis sejam feitos exclusivamente de materiais com uma pegada ambiental menor até 2030. Como parte desse compromisso, o Grupo espera que 25% das fibras têxteis sejam feitas de materiais de última geração que ainda não existem em escala industrial, 40% de materiais reciclados convencionais e 25% de fibras orgânicas e regenerativas. A poliamida 6, comumente conhecida como nylon 6, é um tipo de polímero sintético amplamente utilizado em diversas aplicações devido às suas excelentes propriedades mecânicas e versatilidade. A BASF é um dos principais fabricantes de poliamida 6 e seus precursores, com unidades de produção na Europa, Ásia e América do Norte.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp