21/03/2024 às 15h26min - Atualizada em 22/03/2024 às 00h06min

Preço de sistemas fotovoltaicos para residências mantém ritmo de queda em 2023, aponta novo estudo da Greener

Redução torna aquisição mais atrativa e melhora retorno de investimento para o consumidor final

Genilson Oliveira
Foto: depositphotos

A queda no preço dos sistemas fotovoltaicos (FV) para clientes residenciais e comerciais de pequeno porte continua acentuada. Em janeiro deste ano, a redução foi de 30% em comparação com o mesmo período de 2023, resultado da retração no preço dos módulos no mercado internacional e no Brasil. Os dados fazem parte da nova edição do Estudo Estratégico GD, que acaba de ser lançado pela Greener. O estudo ouviu mais de 3,7 mil empresas integradoras e distribuidoras de todo o país sobre temas como preços, financiamento, faturamento, seguro, descarte e tendências, como Mercado Livre e eletromobilidade, criando um panorama abrangente do mercado de GD em 2023 e trazendo as principais perspectivas para este ano.

De acordo com o levantamento, a classe residencial enfrentou uma queda de potência adicionada de 20% em 2023. Em contrapartida, a classe comercial apresentou crescimento, puxado pelo avanço de projetos de mini geração.

"Além da queda no preço dos módulos, os últimos meses do ano também trouxeram uma recuperação do financiamento e um cenário de queda dos juros e melhora no retorno do investimento, o que torna a aquisição desses sistemas mais atrativa para o consumidor final", avalia Marcio Takata, CEO da Greener.

O Estudo GD aponta que o financiamento apoiou 53% das vendas do ano passado, indicando um segundo semestre mais favorável ao crédito, possivelmente impulsionado pela redução das taxas de juros iniciadas em agosto. 

A queda do preço dos sistemas FV também influenciou no retorno do investimento, que teve redução de 25% do payback para as instalações locais residenciais na comparação de janeiro deste ano com o mesmo mês de 2023.

Em 2023, o Brasil demandou 17,5 GWp de módulos fotovoltaicos (FV), leve redução de 1,7% em comparação com o ano anterior. Geração Centralizada e Geração Distribuída de grande porte compensaram a queda de demanda de GD varejo (pequeno porte).

O estudo completo está disponível para download gratuito no site da Greener:
https://www.greener.com.br/estudos/sumario-executivo-estudo-de-geracao-distribuida-2024/


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp