20/03/2024 às 11h54min - Atualizada em 22/03/2024 às 00h03min

5 verdades sobre profissionais de turismo e o aprendizado em inglês

A comunicação eficaz é um dos pilares para uma boa experiência para os turistas

Canal A Comunicação
https://transferenglish.com
Divulgação
Em meio à crescente globalização cultural e da comunicação, o domínio do inglês é uma das habilidades mais necessárias na indústria do turismo, levando em consideração que é uma língua universal. Uma boa comunicação é um dos pilares de uma experiência de viagem bem-sucedida, facilitando não apenas a interação entre viajantes e prestadores de serviços, mas também auxiliando a troca de experiências e a compreensão mútua.

Empresas que atendem esse público tornou o inglês uma necessidade para melhorar os serviços prestados “Funcionários fluentes em inglês são capazes de proporcionar um atendimento mais personalizado e eficiente, garantindo que as necessidades dos hóspedes sejam atendidas de forma adequada. Além disso, a fluência no idioma permite uma comunicação clara e precisa em situações de emergência, promovendo a segurança dos viajantes” explica o professor Vergílio Melo, da Transfer English.

O inglês é uma ferramenta indispensável para qualquer viajante ou profissional envolvido com turismo. Ao investir no aprimoramento da fluência no idioma, tanto indivíduos quanto empresas podem aprimorar a qualidade e a eficiência dos serviços oferecidos, contribuindo para experiências de viagem memoráveis e culturalmente enriquecedoras. 

O professor listou 5 verdades sobre profissionais de turismo e o aprendizado em inglês:

1 - O inglês é fundamental para profissionais de turismo porque é a língua mais usada no mundo para a comunicação internacional. No setor de turismo, onde a interação com pessoas de diversas nacionalidades é constante, o inglês torna-se essencial para proporcionar informações, resolver problemas e garantir uma experiência satisfatória aos visitantes. Além disso, muitos materiais de referência, como guias, websites e publicações sobre turismo, estão em inglês, o que reforça a necessidade de proficiência na língua.

2 - Para se destacar no inglês em um mercado competitivo, os profissionais de turismo podem buscar certificações em inglês reconhecidas internacionalmente, que comprovem seu nível de proficiência. Além disso, a prática constante, o uso do inglês no cotidiano profissional e a participação em cursos de especialização em inglês voltados para o turismo podem aprimorar suas habilidades linguísticas. Participar de workshops, seminários e eventos internacionais também proporciona excelente exposição à língua.

3 - O inglês permite o acesso a uma ampla gama de recursos e informações relacionados ao turismo que podem não estar disponíveis em outras línguas. Isso inclui artigos de pesquisa, relatórios de tendências do mercado, cursos online, webinars e redes sociais profissionais. Com o inglês, os profissionais podem se manter atualizados com as últimas novidades, inovações e melhores práticas da indústria do turismo globalmente.

4 - Ao aprendermos uma língua como a língua inglesa, nós não apenas nos equipamos com uma ferramenta comunicativa muito poderosa, mas esse aprendizado nos expõe a uma sensibilização sobre diversidade cultural. Falar uma língua internacional nos força a sermos menos etnocêntricos e olharmos para o outro com mais empatia e generosidade. No atendimento ao cliente, o inglês não só permite uma comunicação clara e eficaz com visitantes de diferentes países, mas equipa o atendente a entender e atender às necessidades atreladas às culturas do cliente internacional de forma mais precisa, resolver problemas com mais rapidez e proporcionar uma experiência mais agradável.

5 - O domínio do inglês pode abrir diversas portas na carreira de profissionais de turismo, desde oportunidades de emprego em países de língua inglesa até posições em organizações internacionais. Profissionais que falam inglês têm a chance de trabalhar em uma variedade maior de contextos, incluindo hotéis internacionais, linhas de cruzeiro, agências de viagens globais e organizações de eventos internacionais. Além disso, o inglês é muitas vezes um requisito para posições de liderança e gestão no setor de turismo, o que torna essencial para o avanço na carreira. Porém, o fator mais importante é que o inglês revela uma infinidade de conteúdos, sob diversas perspectivas, que levam o ser bilíngue a um patamar de conhecimentos gerais infinitamente mais rico do que ao do seu par monolíngue.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp