16/06/2023 às 01h53min - Atualizada em 16/06/2023 às 01h53min

100 milhões de visitas nos parques da Capital

A cidade de São Paulo atingiu a expressiva marca de 100 milhões de visitas em seus parques. A contagem começou a ser feita em julho de 2020, quando houve a reabertura dos locais após lockdown imposto pela pandemia de Covid-19. A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA) contabilizou 100.232.087 milhões de visitas nos 111 parques municipais durante os três últimos anos (146 semanas), ressaltando que uma mesma pessoa pode ir inúmeras vezes aos locais.
Após fechamento das áreas verdes, determinado em março de 2020 pelo prefeito Bruno Covas (1980-2021), os espaços retornaram com medidas preventivas e restrições que visaram conter o avanço da pandemia. Na história de São Paulo essa foi a primeira vez em que todos parques tiveram que suspender suas atividades por tempo indeterminado.
O funcionamento dos locais se adaptou conforme variação dos casos de Covid-19 na cidade. As restrições permitiram que os munícipes desfrutassem das aéreas verdes seguramente, conforme precauções sanitárias adotadas pela Prefeitura. A reabertura atraiu dezenas de milhares de frequentadores que, semanalmente, ocuparam os parques da capital e puderam “respirar” em meio a uma rotina de confinamento. A semana que mais recebeu visitas desde o início de contagem, foi exatamente esta última, de 5 a 11 de junho, com 1.5 milhão de visitas.
Ao longo dos três anos, a cidade São Paulo entregou quatro novos parques municipais (Nair Bello, Paraisópolis, Alto da Boa Vista e Augusta) elevando sua porcentagem de áreas verdes em 1,55%.
Entre agosto de 2021 e outubro de 2022, diversas áreas verdes foram palco da campanha de vacinação. De acordo com dados da Secretaria Municipal da Saúde, o serviço de imunização aplicou 350 mil doses contra a Covid-19 nos parques Independência, Guarapiranga, Carmo, Severo Gomes e Buenos Aires.
Durante esse período, a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente desenvolveu diversos projetos de preservação da natureza. Em 2020 foram lançados dois planos verdes, o PMSA (Plano Municipal de Conservação e Recuperação de Áreas Prestadoras de Serviços Ambientais), que incentiva políticas públicas para a manutenção das áreas prestadoras de serviços ambientais, e o PMAU (Plano Municipal de Arborização Urbana), que propõe orientar o planejamento e a gestão da arborização, com intuito de aumentar a resiliência da cidade às mudanças climáticas. E no ano passado, a SVMA publicou o PLANPAVEL (Plano Municipal de Áreas Protegidas, Áreas Verdes e Espaços Livres) com o objetivo de definir uma política para gerir áreas verdes e de proteção do patrimônio ambiental do munícipio.
Até agora, os dez parques mais visitados em 2023 foram:
Ibirapuera: 7.383.436
Povo: 2.494.569
Independência: 1.977.801
Carmo: 1.298.616
Jardim da Luz: 870.637
Aclimação: 759.836
Augusta: 724.550
Trianon: 465.732
Santo Dias: 453.093
Vila Prudente: 419.038

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp