07/06/2023 às 23h41min - Atualizada em 07/06/2023 às 23h41min

Mais de mil jovens formados no Projeto Meu Trampo da Prefeitura

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, promoveu na manhã desta segunda-feira (29) a formatura de mil estudantes que participaram do projeto Meu Trampo, que oferece curso de empreendedorismo para jovens de 15 a 29 anos que vivem em situação de vulnerabilidade social.
Aluno de escola pública e empreendedor desde jovem, o prefeito Ricardo Nunes comentou com os formandos que eles devem correr atrás dos seus sonhos, dar o primeiro passo. “Quando você tem determinação e busca chegar a algum lugar, você chega. Às vezes demora um pouco. Às vezes a gente não consegue 100% daquilo que a gente sonha, mas esse é o primeiro passo que a gente precisa dar”, afirmou.
A capacitação é composta por cinco aulas que abordam temas como criação de marca, desenvolvimento do produto, projeção de vendas, pesquisa de mercado, levantamento de custos, divulgação do negócio e conceitos financeiros.
O diferencial do projeto é o apoio, por 90 dias, que os estudantes recebem de consultores especializados em negócios, para colocar em prática o que aprenderam.
A iniciativa é da Coordenação de Políticas para Juventude da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), em parceria com o Instituto Besouro de Fomento Social e Pesquisa, autor da metodologia By Necessity, que define os passos e o plano de ação do negócio.
A secretária de Direitos Humanos e Cidadania, Soninha Francine, compartilhou com os formandos que já quis exercer várias profissões. Algumas não deram certo, mas sempre surgiram novas oportunidades. “Quase tudo que eu queria deu errado. Hoje eu amo ser secretária de Direitos Humanos e estar nesse lugar onde eu posso de várias maneiras trabalhar para mudar o mundo”, disse.
Desde o início do projeto, 40 turmas foram concluídas e mais de mil alunos formados. Mais 107 turmas estão programadas até o final de julho.

Meu Trampo
As aulas abordam temas como criação de marca, desenvolvimento do produto, projeção de vendas, pesquisa de mercado, levantamento de custos, divulgação do negócio e conceitos financeiros.
Ao final, os alunos saem com um plano de negócios estruturado, contando com o apoio de consultores especializados em negócios por 90 dias após o término das aulas, para que consigam colocar em prática tudo o que aprenderam, assegurando que os novos negócios se tornarão suas fontes de renda e autonomia.
“Essa metodologia foi pensada para qualquer pessoa que tenha vontade de ganhar o seu dinheiro e gerir o seu próprio negócio a partir da criatividade e montar alguma possibilidade de sonhar diferente a partir do seu próprio negócio”, destacou o presidente da Agência Besouro de Fomento Social e Pesquisa, Vinicius Mendes.
A capacitação é composta por cinco aulas que serão ministradas em equipamentos públicos da cidade, especialmente em regiões com maiores índices de vulnerabilidade social.
Uma das formandas, Brenda Gonçalves agradeceu pela oportunidade de participar das atividades. “Consegui fazer algumas melhorias no meu pequeno negócio, que são tranças nagô. Colocando em prática o que aprendi consigo dar continuidade no que já faço”, disse.
Os interessados podem se inscrever pelo site www.meutrampoeempreender.com/. Cada turma tem 30 vagas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://novojorbras.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp